Vacina da Pfizer tem proteção menor contra variante sul-africana, diz estudo

Vacina da Pfizer tem proteção menor contra variante sul-africana, diz estudo

Porto Velho, RO - Agência EFE - A vacina da Pfizer contra a covid-19 produz uma reação menor à variante sul-africana do coronavírus Sars-CoV-2, conhecida como B.1.351, mas ainda parece ser suficiente para neutralizar o vírus, segundo o relatório publicado nessa quinta-feira (18) pela revista "New England Journal of Medicine".

 

A equipe de pesquisadores da Faculdade de Medicina da Universidade do Texas, em Galveston, advertiu que o estudo tem limitações, incluindo uma "falta de exame sistemático das mutações individuais e do potencial das mutações para alterar o efeito neutralizador".