Simulação de acidente chama atenção para cuidados no trânsito

Simulação de acidente chama atenção para cuidados no trânsito

Porto Velho, RO - Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) participaram, na manhã desta sexta-feira (28), de uma simulação de acidente de trânsito. A encenação marcou a abertura da “Campanha Municipal de Prevenção à Acidentes de Trânsito”, que a Prefeitura de Porto Velho realiza para conscientizar sobre os cuidados que se deve ter ao trafegar pelas ruas e estradas.

A simulação aconteceu no cruzamento das avenidas Rio de Janeiro com a avenida Mamoré, próximo à Unidade de Pronto Atendimento da Zona Leste (UPA Leste). A escolha do local para realizar a demonstração não foi aleatória. Teve como base os dados apurados pelo novo sistema de regulação lançado recentemente pelo SAMU, que mapeia as ocorrências atendidas em tempo real, e aponta com estatísticas os locais onde ocorrem os maiores casos de acidente.

“Essa ferramenta nos possibilita criar campanhas para sensibilizar a população sobre prevenção de acidentes. São ocorrências que lotam o Pronto Socorro João Paulo II e as UPAs”, explica Raymison Correia, assessor técnico do SAMU.

A simulação aconteceu no cruzamento das avenidas Rio de Janeiro com  Mamoré

A simulação aconteceu no cruzamento das avenidas Rio de Janeiro com Mamoré

A simulação do acidente além de sensibilizar a população, tem como objetivo avaliar o tempo de resposta a partir do chamado recebido pela equipe do SAMU. É o período entre o pedido de socorro até a chegada da equipe no local de ocorrência e execução dos procedimentos de atendimento.

Morador da região onde aconteceu a simulação do acidente, o ciclista Reginaldo Pereira Xavier, achou que era um acidente real e parou para observar os profissionais do SAMU fazendo os primeiros atendimentos aos personagens da experiência. Ele elogiou a iniciativa.

“Essa simulação é importante para as pessoas saberem como acontece o atendimento. Nós, ciclistas e pedestres, estamos sob risco. A simulação ajuda a compreender o que acontece quando há um acidente”, disse o morador.

O Detran participou da simulação fazendo apoio logístico com agentes de fiscalização e de educação de trânsito, promovendo a segurança e orientando o fluxo durante o teste.

“Os acidentes ocorrem devido ao comportamento dos condutores. Muitos cometem equívocos ou desrespeitam a sinalização. Nossa orientação é para que os condutores tomem cuidado, aguardem a vez. O importante é voltar bem e com segurança para a família que os espera em casa”, diz o agente de trânsito do Detran Isaac Barbosa.