Morre o presidente do Sindicato dos Bancários e Trabalhadores do Ramo Financeiro de Rondônia

Morre o presidente do Sindicato dos Bancários e Trabalhadores do Ramo Financeiro de Rondônia

Porto Velho, RO - É com a mais profunda tristeza que o Sindicato dos Bancários e Trabalhadores do Ramo Financeiro de Rondônia (SEEB-RO) comunica o falecimento, nesta sexta-feira (23/4), do seu presidente JOSÉ PINHEIRO DE OLIVEIRA, 53 anos, que não resistiu às complicações à sua saúde causadas pela infecção do novo coronavírus (covid-19). Ele estava internado há 42 dias no Hospital Prontocordis, em Porto Velho.


O velório será neste sábado (24/4), na Funerária Dom Bosco (Av. Pinheiro Machado, 1964 – São Cristóvão), de onde partirá um grande cortejo em homenagem ao dirigente sindical. O enterro será no Cemitério Recanto da Paz, também na capital. O Sindicato ainda aguarda a confirmação dos horários por parte dos familiares.


Pinheiro, como era mais conhecido e carinhosamente chamado pelos amigos, era funcionário do Bradesco (Bamerindus – HSBC…) desde 1987. Graduado em Letras/Português e formando em Direito, era dirigente sindical desde 2002. Atuou como diretor de base, conselheiro fiscal, secretário de Saúde, secretário de Finanças e, atualmente, estava no seu terceiro mandato como presidente do SEEB-RO. Também era membro do Comando Nacional dos Bancários e Secretário de Cooperativas da Fetec-CN-CUT.
 

Reconhecido como um dos mais fervorosos ativistas em favor dos direitos dos trabalhadores, Pinheiro deixa a todos os bancários e cooperativários rondonienses um sentimento de perda incalculável e um legado imensurável, pois sua atuação em favor do bem coletivo, o seu comprometimento com cada um dos filiados e não filiados, e a sua dedicação inabalável e incondicional – que muitas vezes até colocava sua saúde em risco – são tidos como referência e servem de inspiração para sindicalistas, funcionários, amigos, imprensa, políticos e administradores públicos.



Pinheiro e sua família

“Meu pai foi a tradução do amor, amor que ele empregava em todos os seus atos. Amor não morre e meu pai é amor. Sou filha de um homem forte, que construiu uma história linda, construiu uma família com pessoas de caráter, formou dois filhos, depois de ser o primeiro da sua família a se formar. Foi um bom filho, excelente pai, marido, irmão e amigo, sem contar no profissional apaixonado pela luta sindical, bancário por 35 anos, sindicalista por vocação. Honrou a causa, honrou a família. Vivo ele lutava, descansando ele é símbolo de luta. Sou grata a Deus por ter me dado um pai com características singulares e maravilhosas”, disse, emocionada, a advogada Thays Fernanda Pinheiro Batista de Oliveira, filha do presidente.


Pinheiro em uma das muitas greves que participou ativamente


O Sindicato, sua diretoria e seu corpo funcional, em uníssono, prestam sua homenagem a este grande e inesquecível companheiro de luta, amigo leal, pai querido e amado, marido dedicado, homem honesto, íntegro e incondicionalmente abnegado à defesa dos direitos das pessoas e dos trabalhadores.


Pedimos a Deus que conforte os corações daqueles que o amam, em especial sua esposa, filhos, amigos e companheiros de luta.

Abrindo oficialmente mais um dos inúmeros Congressos e Encontros Estaduais


Chegou o momento do seu merecido descanso, amigo. Vá em paz, e que Deus O receba de braços abertos por tudo que você representou – e vai continuar representando – para todos aqueles que lutam em favor dos trabalhadores.

PINHEIRO, PRESENTE!

A DIRETORIA