Ministério da Saúde autoriza R$ 2,3 bi para adquirir vacinas Sputnik V e Covaxin

Ministério da Saúde autoriza R$ 2,3 bi para adquirir vacinas Sputnik V e Covaxin

Porto Velho, RO - O Ministério da Saúde autorizou dispensa de licitação para comprar vacinas Sputnik V e Covaxin, desenvolvidas respectivamente por laboratórios russos e indianos. 

Os dois extratos foram publicados na noite de sexta-feira, 19, em edição extra do Diário Oficial da União, representando juntos o investimento de cerca de R$ 2,3 bilhões para a aquisição das vacinas.

Um dos extratos autoriza R$ 693,6 para adquirir a vacina Sputnik V, junto ao Fundo de Investimento Direto da Rússia - que tem parceria, no Brasil, com a farmacêutica União Química Farmacêutica Nacional.

O outro autoriza R$ 1,614 bilhões para a compra da vacina Covaxin, desenvolvida pela indiana Bharat Biotech, representada no Brasil pela empresa Precisa.