VÍDEO - Estudantes e servidores protestam contra cortes na educação em Porto Velho

VÍDEO - Estudantes e servidores protestam contra cortes na educação em Porto Velho

Manifestantes com cartazes durante recomeço de protesto em Porto Velho. — Foto: Ana Kézia Gomes/G1

Ao menos 184 cidades do Brasil tiveram manifestações, nesta quarta-feira (15), contra o bloqueio de recursos para a educação anunciado pelo Ministério da Educação (MEC).

Universidades e escolas também fizeram paralisações, após a convocação de uma greve de um dia por parte de entidades ligadas a sindicatos, movimentos sociais e estudantis e partidos políticos. Os atos foram pacíficos.

Foi a primeira grande manifestação durante o governo do presidente Jair Bolsonaro. Em Dallas (EUA), Bolsonaro classificou os manifestantes de "idiotas úteis" e "imbecis". Mais tarde, por meio do porta-voz Otávio Rêgo Barros, disse que as manifestações de "legítimas e democráticas, desde que não se utilizem de violência, nem destruam o patrimônio público".