Sedam promove oficina ambiental na Unidade de Conservação Serra dos Três Irmão

Sedam promove oficina ambiental na Unidade de Conservação Serra dos Três Irmão

Alunos tiveram aulas de prevenção contra as queimadas, além de aulas de educação ambiental sobre fauna e flora

Porto Velho, RO - Com a proposta de desenvolver preservação e consciência ecológica entre as crianças, o Governo de Rondônia, por meio da Secretária de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam) realizou nos dias 14 e 15 de outubro, a primeira oficina de educação ambiental na Unidade de Conservação Serra dos Três Irmãos, localizada em Porto Velho. O projeto “Escola Mão Amiga” é uma proposta da Sedam, com o objetivo de sensibilizar os alunos  sobre a importância das Unidades de Conservação.

A sala de aula pode ser a geradora de experiências ambientais para preservar o planeta e oferecer mecanismos contra a degradação ambiental. Pensando nesta alternativa, a Sedam meio da Coordenadoria de Unidades de Conservação (CUC), promoveu aulas de  prevenção contra as queimadas,  afim de massificar a educação ambiental para as crianças.

O projeto se destina aos 148 alunos da escola pública da rede municipal EMEIF José de Freitas, localizada na linha 09 do Projeto de Assentamento Joana D’Arc. Assim, a proposta da gestão da CUC é levar atividades que despertem nas crianças o sentimento de pertencimento e responsabilidade pelo espaço a ser protegido. Os alunos tiveram aulas de prevenção contra as queimadas, atividades recreativas, aulas de educação ambiental referente à fauna e flora e animais peçonhentos. As Atividades foram encerradas com a entrega de mudas e brinquedos.

As palestras ministradas pela equipe do Centro Nacional de Combate a Incêndios Florestais do (Prevfogo) permitiu que as crianças presente tivessem maior conhecimento sobre as consequências trazidas pelos incêndios ao meio ambiente, e dos problemas relacionados à prática da queima nas Unidades de Conservação.

Estudantes participaram de atividades educativas e recreativas

Para a estudante Vivian Rodrigues, a ação ajudou a entender a importância de cuidar da natureza, com ações cotidianas que podem ser realizadas dentro de casa. “Aprendi a cuidar dos animais, da flora e da natureza. Foi bastante importante para mim porque eu não conhecia algumas coisas que podem ajudar a preservar o meio ambiente. Agora posso ajudar meus pais e meus colegas a cuidar do planeta” disse a estudante.

Para o diretor da Escola José de Freitas, Adalto Pinto, a parceria entre a Sedam e outros órgão ambientais, é importante para o desenvolvimento de projetos que trazem reflexão sobre as causas e os efeitos da degradação ambiental, possibilitando que os alunos tenham uma aprendizagem mais eficaz através de atitudes que busquem a sustentabilidade e a preservação ao meio em que vivem. “Esta oficina é importante para as crianças que residem no assentamento Joana D’Arc, e para outros alunos das escolas municipais e estaduais de Porto Velho. Isso é importante para a formação do caráter da criança, da formação de valores e cidadania. Agradecemos o incentivo, e em um futuro próximo, acreditamos que outras oficinas possam ser realizadas” declarou o diretor.

A iniciativa também faz parte das ações de prevenção ao combate e incêndio, celebrado entre o Governo de Rondônia e o Batalhão da Polícia Ambiental do Estado de Rondônia (BPA), que tem por objetivo sensibilizar a população sobre a importância da preservação da fauna e flora. O cabo do BPA, Jeferson Silva, ressaltou a alegria e o entusiasmo das crianças com as oficinas e os materiais apresentados sobre a educação ambiental “Nosso propósito é mostrar ações alternativas contra as queimadas em se tratando das crianças. Este é um caminho viável para que possamos educar as pessoas a ser consciente sobre os cuidados com o meio ambiente”, declarou o cb Jeferson.

Durante a oficina as crianças tiveram a oportunidade de praticar primeiro socorros e outras ações de segurança

Trabalhando este tema, Bombeiros Civis também estão explorando as matérias educativas através de palestras, workshops, atividades e brincadeiras que fazem alusão à proteção do planeta. O objetivo traçado para estas atividade foi para refletir sobre a importância da floresta e proporcionar a expressão de valores sobre o meio ambiente.

A bombeira civil, Carla Teles lembrou que “O trabalho junto aos órgãos de proteção ambiental, também é educar as crianças para que possam proteger o meio ambiente, com ações pequenas. É através das atividades de recreação e educativas que mostramos como é importante ser consciente com os problemas ambientais”, frisou.

Entre os parceiros do projeto, esteve presente na ação a equipe do Programa Ecos do Madeira; Prev Fogo Rondônia e servidores da Coordenadoria de Unidades de Conservação da Sedam.