Saldo de geração de empregos em Rondônia foi negativo em novembro, diz Caged

Saldo de geração de empregos em Rondônia foi negativo em novembro, diz Caged

Porto Velho, RO - Rondônia teve saldo negativo na geração de emprego no mês de novembro, segundo dados do Cadastro de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho (Caged).  O acumulado de todo o ano de 2019 foi de -0,15%, ou seja, demitiu mais do que contratou, ficando em 23º lugar no ranking do saldo de emprego por unidade da federação, dentre os 27 estados do País. 

Os dados mostram que desde 2011 o nível de emprego em novembro em Rondônia é negativo. Em 2019, o saldo foi de 354 demissões, o menor índice desde 2011. Os setores de Serviços e o da Construção Civil foram os que mais geraram empregos em 2019 no Estado, seguidos dos setores da agropecuária, extrativa mineral e indústria de transformação, comércio e administração pública. 

A evolução formal dos empregos com carteira assinada em 2019, nos municípios de Rondônia com mais de 30 mil  habitantes foram positivos em Cacoal, Jaru, Ji-paraná, Ouro Preto D´Oeste, Pimenta Bueno, Rolim de Moura, Vilhena e Porto Velho; e negativo em Ariquemes, Guajará-Mirim, Buritis e Machadinho D´Oeste.