MP abre procedimento para investigar delegados acusados de praticar Improbidade Administrativa na operação Pau Oco

MP abre procedimento para investigar delegados acusados de praticar Improbidade Administrativa na operação Pau Oco

Porto Velho, RO – A 26ª Promotoria de Justiça de Porto Velho é a responsável por apurar suposto ato de improbidade administrativa, em tese praticado por integrantes da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas do Interior (DRACO 2), que, segundo consta, teriam violado os deveres de legalidade, impessoalidade e moralidade na execução de atos próprios de seus ofícios no âmbito da “Operação Pau-Oco”.

O procedimento foi aberto na última segunda-feira e tem como interessado a Polícia Civil do Estado de Rondônia.