Mais de 8 mil homens foram atendidos na campanha Novembro Azul em Porto Velho

Mais de 8 mil homens foram atendidos na campanha Novembro Azul em Porto Velho

Porto Velho, RO - A campanha Novembro Azul finalizou com mais de 8 mil atendimentos ao público masculino nas unidades de saúde em Porto Velho. Ao longo do último mês, a Prefeitura promoveu uma série de ações para a conscientização do câncer de próstata e saúde do homem.

As ações aconteceram nas zonas urbana e rural da capital. Para a coordenadora municipal da saúde do homem, Cleide Silva Davy, a avaliação das iniciativas é positiva e importante para a prevenção e combate a enfermidades que acometem o público masculino.

“Se a informação sobre a saúde chegar com mais intensidade, haverá maior procura pelo atendimento preventivo e, consequentemente, menos atendimento nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs)”, destacou a coordenadora.

As atividades do Novembro Azul foram realizadas pela Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), através do Departamento de Atenção Básica (Dab). Além de ampliar o alcance dos serviços com as atividades itinerantes, o município também registrou aumento do público masculino nas unidades de saúde.

Campanha Novembro Azul conscientizou sobre a importância da saúde do homem

Campanha Novembro Azul conscientizou sobre a importância da saúde do homem

Na sede da Semusa, por exemplo, foram realizados 29 testes rápidos de PSA em homens a partir dos 45 anos. O exame serve para indicar eventuais alterações na próstata, como prostatite, hipertrofia benigna ou câncer.

ITINERÂNCIA

Como parte da campanha, a coordenação de Saúde do Homem promoveu atendimento médico, palestras e ginástica laboral voltados para o público masculino em órgãos públicos, sindicatos, Porto Graneleiro, Base Aérea e nas unidades de saúde Osvaldo Piana, Ronaldo Aragão, Hamilton Gondin e UPA da Zona Leste.

Foram incluídas nas atividades a vacinação contra a covid-19, aferição de pressão, teste de glicemia, atualização da caderneta de vacinação de tétano e hepatite, além dos testes rápidos de HIV, sífilis e hepatites B e C.

Em todos os eventos foi dada ênfase aos cuidados da saúde integral do homem e prevenção contra o câncer de próstata. A campanha também foi levada ao distrito de Extrema, com atendimento médico e palestras.

“Cuidar verdadeiramente da saúde requer uma mudança de atitude e foco na qualidade de vida. Requer bons hábitos alimentares, prática de exercícios físicos e exames médicos periódicos”, orienta a coordenadora de Saúde do Homem.