Luau Terra Cura é contemplado pela Lei Aldir Blanc e reaviva o teatro da Jerusalém da Amazônia

Luau Terra Cura é contemplado pela Lei Aldir Blanc e reaviva o teatro da Jerusalém da Amazônia

Porto Velho, RO - O Luau Terra Cura, atividade cultural realizada pelo Projeto Permacultural Terra Cura, com sede na Comunidade da Jerusalém da Amazônia na capital Porto Velho, foi contemplado com a  Lei Aldir Blanc, através da  1ª Edição Mary Cyanne do Edital de Chamamento Público de Fomento à Cultura e à produção artístico cultural Transmissões ao vivo/ gravadas, realizado pelo, Governo de Rondônia, através da Superintendência da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer – SEJUCEL.

No formato proposto pelo edital o luau foi gravado no Teatro de Arena da Jerusalém de Amazônia e será transmitido através de uma Live com a participação já confirmada, dos artistas Passarinho Verde (Kali), Sinkê, Elizeu Braga, Tânia Soares, Flaviana Felix e Andressa Silva.

“É importante para os projetos locais receberem o apoio público para desenvolverem as atividades culturais que fomentam todo um cenário de produções artísticas, inserindo um novo formato adequado a realidade de isolamento social que estamos vivendo e que garante a continuidade do trabalho e renda de produtores e artistas”, destaca a jornalista, produtora e gestora do projeto Terra Cura, Luana Lopes. 

A gravação foi realizada na semana passada, no Teatro de Arena da Jerusalém da Amazônia que teve um dos seus cenários reavivado para produção do luau que será transmitido nos dias 10,11, 12 de março através de plataformas digitais.

Projeto Terra Cura

Projeto Permacultural, que desde 2016 atua no reflorestemento e na recuperação de uma área degradada, do Teatro Jerusalém da Amazônia, o maior teatro de arena da Região Norte que está localizado ás margens do Rio das Garças em Porto Velho. O projeto Terra Cura além de trabalhar no reflorestamento e recuperação da área degradada do teatro, promove no local a integração ambiental e cultural, promovendo feiras e bazar sustentáveis, cursos de capacitação em práticas ancestrais como o cultivo da terra e a bioconstrução e eventos  temáticos, como o luau, com apresentação de astistas locais.

Terra cura, tem a proposta de integrar pessoas, um coletivo na busca dos fazeres culturais de cultivo e plantio com a terra. Um coletivo que busca preservar essas práticas e promover a cultura local por meio de atividades que valorizam saberes populares e promovam a diversidade de culturas existentes no estado de Rondônia.