Líder da Al-Qaeda morto após operação entre EUA e Afeganistão

Líder da Al-Qaeda morto após operação entre EUA e Afeganistão

Porto Velho, RO - O líder da Al-Qaeda do subcontinente indiano, Asim Omar, morreu numa operação das forças de segurança afegãs com o apoio dos Estados Unidos, na província de Helmand, no sul do Afeganistão. A informação foi confirmada pela Direção de Segurança Nacional (NSD) afegã num comunicado citado pela Europa Press.

De acordo com as forças de inteligência afegãs a morte de Omar ocorreu durante "uma operação conjunta dos Estados Unidos e do Afeganistão numa área talibã no distrito de Musa Qala a 23 de setembro", onde morreram ainda outros seis membros do grupo terrorista, a maioria de nacionalidade paquistanesa.

Para confirmar a morte de Omar, a NDS afegã publicou na sua conta de Twitter uma fotografia do líder jihadista vivo e outra morto.

A criação da filial da Al-Qaeda naquela região, que inclui a Índia, Paquistão, Bangladesh, Nepal e Butão, tinha sido anunciada pelo próprio Ayman al Zawahiri, sucessor de Osama bin Laden, em setembro de 2014.