Justiça denuncia seis pessoas por morte de jovem  

Justiça denuncia seis pessoas por morte de jovem  

Porto Velho, RO - O Juiz Alencar Neves Brilhante, da 1ª Vara Criminal, aceitou a denúncia do Ministério Público para levar a julgamento popular cinco pessoas acusadas do cruel assassinato do jovem Matheus França de Souza, de 19 anos, ocorrida dia 21 de outubro do ano passado, em frente ao PUB JK Acústico Bar, na cidade de Jaru. 

Foram pronunciados RAFAEL ALVES DA SILVA, THIAGO FERREIRA DE SOUSA, HIAN RODRIGUES BELFORT, JANAN DA SILVA FREITAS, CLISMAN DA SILVA FREITAS e GUILHERME OLIVEIRA DUTRA. Todos, segundo o MP, teriam se unidos para agredir covardemente a chutes, socos, e golpes de canivete e matar a vítima. 

Segundo a denúncia, o crime aconteceu por motivo banal: desavenças entre os acusados e a vítima em uma festa de formatura anterior, no Espaço Sara Decorações.  Segundo os policiais militares que atenderam a ocorrência, Rafael também saiu ferido na briga e foi preso em flagrante junto com Hian e Thiago, momentos após o crime. 

De acordo com os policiais, várias testemunhas ouvidas no local, inclusive os frentistas do posto de combustível próximo ao PUB JK, apontaram os acusados como autores do crime. Na verdade, foi uma briga generalizada, que teve muito bate-boca, empurrões até o início das agressões. 
Os acusados irão sentar no banco dos réus ainda em data não divulgada pela Justiça de Jaru, mas responderão por homicídio duplamente qualificada (motivo torpe e dificultou a defesa da vítima).