Homem é visto escalando arranha-céu em Londres sem equipamentos

Homem é visto escalando arranha-céu em Londres sem equipamentos

Porto Velho, RO - Um homem escalou nesta segunda-feira o edifício londrino conhecido como The Shard, o mais alto do Reino Unido, informaram a polícia e a empresa que o administra.

 

A polícia disse que foi alertada às 05h15 (01H15 de Brasília) que uma pessoa sem equipamento de segurança ou equipe de suporte estava subindo o arranha-céu, localizado perto do Tamisa, no centro de Londres.

 

"Os serviços de emergência chegaram ao local e o homem está atualmente com policiais. Ele não foi preso", afirmou a Scotland Yard em um comunicado.

 

The Shard, uma torre de vidro e metal projetada pelo arquiteto italiano Renzo Piano, tem quase 310 metros de altura e é o arranha-céu mais alto do Reino Unido. Abriga escritórios, bares e restaurantes.

 

"Registramos um incidente no Shard esta manhã que envolveu uma pessoa que escalou o prédio", declarou à AFP a Real Estate Management (REM), companhia que administra a propriedade. "Algumas áreas foram fechadas ao público por medida de segurança, mas já foram reabertas", acrescentou.

 

Contactado pela AFP, um porta-voz de Alain Robert, que costuma a realizar ações desse tipo, afirmou que desta vez não  se tratava de seu cliente, que está na Indonésia.

 

Em outubro de 2018, Alain Robert, com então 56 anos, escalou um edifício de 46 andares da City, paralisando parte do coração financeiro da capital britânica.