Falta de efetivo policial prejudica audiências no fórum criminal em Porto Velho

Falta de efetivo policial prejudica audiências no fórum criminal em Porto Velho

Esta redução de policiais ocasionou lentidão no andamento das audiências, pois os PM'S não estão conseguindo suprir a demanda.

Porto Velho, RO – A falta de efetivo policial no Fórum Criminal da Capital tem prejudicado as audiências de presos que estão encarcerados no sistema de Porto Velho, assim relata email que o jornal O OBSERVADOR teve acesso.

O caso relatado é do dia 14 de janeiro de 2019 durante o plantão na parte de manhã que relata que a carceragem do Fórum conta com o efetivo de apenas 04 (quatro) policiais militares para realizarem as conduções dos presos às audiências.

Esta redução de policiais ocasionou lentidão no andamento das audiências, pois os PM'S não estão conseguindo suprir a demanda. Hoje, estão sob a custódia desta equipe de agentes penitenciários: 06 (seis) presos solicitados através do Memo. nº 153/2019/SEJUS-COGESPEN e, além destes, há um total de 16 (dezesseis) presos para audiência de custódia do período matutino.

Há previsão de mais 05 (cinco) custodiados para audiência no período vespertino, sem mencionar os oriundos da Central de Flagrantes, pois não sabemos se haverá e nem sabemos qual a quantidade de custodiado será apresentada a esta carceragem do Fórum Criminal. Para conhecimento e providências cabíveis, assina o email Antônio Carlos Nunes.