Ex-senador Osmar Dias diz que oposição está muito violenta

Ex-senador Osmar Dias diz que oposição está muito violenta

Porto Velho, RO - Osmar Dias, presidente do PDT do Paraná disse em entrevista que fazer oposição apenas para bater não é o correto nesse momento.

O ex-senador criticou a oposição violenta em apenas 10 dias de governo Bolsonaro.

Quando Lula assumiu em 2003, não havia essa oposição ferrenha. Esperamos ele fazer as políticas implantadas em seu governo.

Até os partidos que estavam na oposição à época (2003) de certa forma colaboraram para que ele (Lula) conseguisse colocar em prática as Reformas necessárias.

O Brasil de 2003 quando Lula assumiu também atravessava problemas na economia e geração de emprego.

Hoje, 16 anos depois a situação também é tão ou quão mais preocupante.

Por que oposição para bater, criticar e esmagar? Não seria o momento de esquecermos as ideologias e nos ajudarmos mutuamente para fortalecer a democracia? Finalizou o pedetista em Curitiba.