Edvilson Negreiros se reúne Aneel e pede providências sobre tarifa de energia

Edvilson Negreiros se reúne Aneel e pede providências sobre tarifa de energia

BRASÍLIA DF - O presidente da Câmara de Vereadores de Porto Velho, Edvilson Negreiros (PSB), se reuniu na tarde dessa quinta-feira (14) em Brasília com o diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) André Pepitone, para tratar sobre do aumento da tarifa de energia elétrica no estado de Rondônia.

Também participaram da reunião: o senador Marcos Rogério (DEM), a deputada federal Mariana Carvlaho (PSDB), os vereadores: Alan Queiroz (PSDB), Maurício Carvalho (PSDB), Marcio Miranda (PSDC) e pastor Sandro de Carvalho (PSB), "Somos contra esse abusrdo que está ocorrendo no estado, não podemos aceitar!", disse o presidente da Câmara.

Nesta sexta-feira (15), às 16h, o Conselho Estadual de Defesa do Consumidor do Estado de Rondônia (Condecon) com apoio da sociedade civil organizada realiza em frente às Sedes da nova concessionária de energia elétrica em Rondônia, Energisa, um grande manifesto para protestar contra o aumento abusivo da taxa de energia do estado de chegou até 27,5%. 

“O movimento que iniciou com o ingresso de uma ação conjunta na Justiça Federal pelo Condecon, Ministérios Público Estadual e Federal, e Defensoria Pública, busca cada vez mais a adesão dos cidadãos que já se mostram indignados com esse golpe contra a população”, afirma o presidente do Condecon, Gabriel Tomasete.

De acordo com ele, o manifesto conta com apoio de entidades como a Federação do Comércio de Rondônia (Fecomércio), Federação das Indústrias do Estado de Rondônia (Fiero), Federação das Associações Comerciais e Empresariais de Rondônia (Facer), Associação Comercial e Empresarial de Porto Velho (Acer), Associação Comercial e Industrial de Ariquemes (Acia), Associação Cidade Verde de Defesa do Consumidor (ACV), Associação das Indústrias Frigoríficas do Estado de Rondônia (Afrig), Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de Rondônia (Sinduscon), Sindicato das Micro e Pequenas Indústrias de Rondônia (Simpi) e a Grande Loja Maçônica de Rondônia (Glomaron), Associação de Frigoríficos (Afrig) e Sindicato da Indústria da Construção Civil e do Mobiliário (Sinduscon).

Demais parlamentares das Bancadas Municipal, Estadual e Federal do Estado também já se manifestaram e também se mobilizam contra o aumento da tarifa.