É um \'cinismo absoluto os EUA qualificarem Cuba como terrorista, diz Ramonet

É um \'cinismo absoluto os EUA qualificarem Cuba como terrorista, diz Ramonet

Porto Velho, RO - Carta Maior O intelectual franco-espanhol, Ignacio Ramonet, qualificou como “cinismo absoluto” a decisão unilateral do Departamento de Estado dos Estados Unidos de inscrever Cuba na lista de “países patrocinadores do terrorismo”.

“É o mundo ao contrário. É o crime perseguindo a virtude. Cuba tem sido, durante décadas, vítima de diversos tipos de terrorismo patrocinado por Washington, que já causaram milhares de mortos e feridos. Enquanto isso, jamais, como sempre destacou Fidel Castro, Havana apadrinhou nenhum ato de violência no território estadunidense. Nunca! Cuba sempre condenou o terrorismo”.