Dono de SW4 é preso por corrupção ativa após jogar dinheiro para cima em bar

Dono de SW4 é preso por corrupção ativa após jogar dinheiro para cima em bar

Por volta das 1h10 da madrugada desta sexta-feira (07), Alcides M. F., 44, foi preso por crime de corrupção ativa ao tentar subornar uma equipe da Polícia Militar em um bar denominado Cafofo, localizado na Rua Sucupira com Rua Nova Esperança, bairro Nova Floresta, zona Sul de Porto Velho.


Consta em registro de ocorrência na Central de Flagrantes, que o homem chegou ao local em uma caminhonete modelo SW4 de cor preta e com o volume do som do veículo muito alto passou a perturbar os clientes e proprietário do bar. Quando foi chamado a atenção para que desligasse o som, o suspeito derrubou o teclado do músico que cantava no local, bem como jogou uma caixa de som amplificada ao chão.

Em seguida, o homem começou a jogar dinheiro para cima, causando alvoroço entre os frequentadores do ambiente. Uma equipe da Polícia Militar composta por um oficial foi acionada e pediu para que o homem desligasse o som do veículo.

No entanto, Alcides teria dito: "Você vai me levar preso? Porque se for vamos sair na porrada". Mediante aos fatos, ele recebeu voz se prisão. Neste momento, o suspeito foi até a SW4, pegou um "bolo" com várias notas de dinheiro e ofereceu para o oficial com o objetivo de ser liberado. O policial não aceitou e deu voz de prisão por crime de corrupção ativa. Foi contabilizado em R$ 980,00 o valor oferecido para a equipe policial. 

Dentro do veículo, o homem estava com aproximadamente R$ 15 mil, sendo que uma parte em cheque, dólares, dinheiro boliviano e em real. Foi verificado que o veículo dele estava sem combustível, sendo necessário guinchá-lo até a delegacia. Um outro dono de bar nas proximidades disse ainda que o suspeito havia comprado uma garrafa de wisky no valor de R$ 240,00, mas não tinha pago. Testemunhas contaram também que antes da chegada da polícia o homem tinha deixado a porta da SW4 aberta e algumas pessoas tinham subtraído dinheiro.