China enviará especialistas a Israel para investigar morte de embaixador

China enviará especialistas a Israel para investigar morte de embaixador

Porto Velho, RO - Neste domingo (17), o embaixador chinês foi encontrado morto em sua casa nos arredores de Tel Aviv. Segundo publicou o jornal israelense Haaretz, os investigadores chineses não passarão por quarentena após a chegada a Israel. A equipe conduzirá a investigação interna e coordenará a atividade da embaixada.

O jornal aponta que o embaixador chinês foi encontrado morto em sua cama. O diplomata faleceu enquanto dormia e não foram encontrados sinais de violência em seu corpo, segundo o jornal. O diplomata foi nomeado em fevereiro deste ano e anteriormente havia servido como embaixador na Ucrânia, entre 2016 e 2019.

O embaixador Du Wei era conhecido como crítico do secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo. Em recente visita oficial a Israel, Pompeo acusou a China de atrapalhar a resposta contra a pandemia do novo coronavírus.