Brasil recebeu até agora apenas 4,5% das vacinas já fabricadas no mundo; EUA e UE somam 40%

Brasil recebeu até agora apenas 4,5% das vacinas já fabricadas no mundo; EUA e UE somam 40%

Porto Velho, RO - O jornalista Jamil chade, em sua coluna no portal UOL, relata que “Com 13 milhões de vacinas recebidas até o último fim de semana, o Brasil recebeu o equivalente a 4,56% dos imunizantes até agora distribuídos ou fabricados no mundo. Os dados fazem parte da consultoria Airfinity e foram apresentados nesta terça-feira pela Federação Internacional da Indústria Farmacêutica”.

Segundo o jornalista, “Governos de países ricos têm recusado a aceitar abrir mão das patentes, arrastando a negociação desde meados do segundo semestre de 2020. Já o governo brasileiro permanecerá em silêncio durante o encontro, um comportamento interpretado como um sinal de que não quer entrar em choque com os indianos, de onde parte das doses viria ao Brasil”. 

“Do total destinado ao Brasil, 11 milhões têm origem na China e outros 2 milhões são da AstraZeneca. A empresa que fechou um acordo com o estado de São Paulo, a Sinovac, é por enquanto farmacêutica que mais produziu no mundo, com 74 milhões de doses até agora”, acrescenta o jornalista.