Ao dar carona a funcionária de lanchonete, mulher tem bolsa furtada; acusada confessa o crime

Ao dar carona a funcionária de lanchonete, mulher tem bolsa furtada; acusada confessa o crime

Porto Velho, RO - Uma mulher de 33 anos procurou a Unisp (Unidade Integrada de Segurança Pública) de Vilhena na tarde de quinta-feira, 19, após ter sua carteira roubada. Dentro, além de 1.300 reais, estavam também cartões e cheques. A autora do furto foi encontrada e confessou o crime.
 
De acordo com a vítima, durante a madrugada ela estava em uma lanchonete, na avenida Curitiba, e ao deixar o local deu carona para a funcionária do estabelecimento. Ao chegar em casa, percebeu que sua carteira havia desaparecido. Nela estavam 1.300 reais em espécie, dinheiro que usaria para pagar seu funcionário, seus cartões de crédito e três cheques, cada um no valor de 597 reais.
 
A suspeita sobre a moça que havia recebido a carona se levantou e a polícia foi acionada. Quando a guarnição chegou à casa da mulher, que tem 34 anos, e a questionou sobre o caso, ela confessou ter cometido o furto.
 
A carteira e parte do dinheiro estavam em sua casa. Mas, a suspeita havia emprestado a um homem 400 reais, apresentou inclusive comprovante do depósito, e também comprou tênis, chinelo e meias com parte do valor. Com ela ainda estavam 689 reais, os cartões e os cheques.
 
Sendo assim, foi levada para a Unisp, onde foram tomadas as providências cabíveis ao caso.